Limite de faturamento MEI 2022: O que fazer se ultrapassar?

post contabilidade decole

Compartilhe este Post

Saiba o que fazer se você ultrapassar o limite de faturamento do seu MEI em 2022

O Microempreendedor Individual (MEI) possui um limite de faturamento, ultrapassar esse limite pode resultar em consequências. Por isso, para evitar problemas, é importante se atualizar sobre o assunto.

O MEI fornece diversos benefícios, porém, os empreendedores devem cumprir as exigências desse modelo empresarial, como respeitar o limite de faturamento, ter sua atividade entre as permitidas e pagar o DAS mensalmente.

O limite de faturamento do MEI

O papel do MEI é formalizar empreendedores que antes exerciam suas funções de maneira informal. No entanto, para se enquadrar neste programa existem algumas regras.

A principal regra para os empreendedores que já são MEIs é respeitar o limite de faturamento MEI, o limite anual máximo é de R$ 81 mil (ou R$ 6.750,00 mensais), se a empresa for constituída em janeiro.

O Microempreendedor Individual paga menos tributos que outras empresas, pode contratar um funcionário e recebe diversos outros benefícios, portanto, é preciso que o empreendedor cumpra as regras para continuar como MEI.

O que fazer se ultrapassar o limite de faturamento?

O limite de faturamento MEI em 2022 é de R$ 81 mil. Muitos empreendedores se enganam ao achar que se ultrapassarem um centavo além desses 81 mil serão excluídos do Microempreendedor Individual.

Isso por que o limite de faturamento conta com uma margem de 20% (R% 16,2 mil) que, se for ultrapassada, o empreendedor é excluído da categoria automaticamente.

Dessa forma, o MEI só será excluído de maneira automática se ultrapassar o faturamento de R$ 97.200,00 (20% a mais).

Se um MEI ultrapassar o seu limite de faturamento anual de R$ 81mil ou então o valor proporcional, será desenquadrado da categoria MEI e enquadrado à categoria de microempresa.

Porém, existem dois casos:

  • Se a arrecadação for maior que o limite de faturamento MEI de R$ 81 mil, mas não ultrapassar os R$ 97.200,00, o MEI deverá pagar uma multa chamada DAS complementar, além de continuar pagando os DAS normalmente até dezembro.

No ano seguinte, o empreendedor será desenquadrado e migrará para Microempresa.

  • Se o faturamento ultrapassar os R$ 97.200,00, o MEI será automaticamente obrigado a solicitar o desenquadramento no Portal do Simples Nacional.

Portanto, se você ultrapassar o limite de faturamento MEI e se desenquadrar poderá migrar para Microempresa e realizar adesão ao Simples Nacional.

O que é Simples Nacional?

Aumentar os ganhos da sua empresa é um sinal de crescimento, e não algo negativo. Caso a sua empresa ultrapasse o limite de faturamento permitido para MEI, é essencial se organizar e procurar uma boa contabilidade para ajudar nesse processo.

Mais Notícias

Contabilidade

4 mudanças com o fim do PIS; confira quais são

A entrada em produção do FGTS Digital promove melhorias expressivas através da gestão integrada de todo o processo referente ao FGTS, aperfeiçoando a arrecadação, a prestação de

plugins premium WordPress

Proposta

Receba as informações sobre o Serviço
Preencha as informações solicitadas abaixo e solicite uma Proposta.

Novo Cliente

Preencha o Formulário Abaixo que o mais breve iremos entrar em contato com você!